Informações que fazem a diferença e que farão você evitar contratempos durante a sua viagem.

A Falcor Travels se preocupa muito com seu bem-estar, e foi pensando nisso que preparamos importantes Dicas de Viagem para você. Não deixem de ler, pois são informações que fazem a diferença e que ajudam evitar quaisquer tipos de contratempo.

Alfândega

Todos que viajam para fora do país precisam ficar atentos em algumas normas, como a isenção de alguns impostos pela Receita Federal e a quantidade de cota, veja aqui às Dicas de Viagem para Alfândega:

  • Receita Federal: O passageiro precisa saber que não pagam os impostos relativos a objetos no valor total de US$ 500, livros e periódicos, roupas e acessórios.
  • Cota: Não há limite de cotas para o embarque no país, porém quem for fazer compras estabelece o limite de US$ 500 dentro da cota limite para o exterior. Neste limite, os mesmos produtos isentos pela Receita Federal não estão inclusos. Já no desembarque é diferente, pois a cota é de US$500 por passageiro e ainda tem que apresentar apenas uma única nota fiscal.
    O turista tem que ficar atento que produtos iguais como tabaco (400 un.), bebidas alcoólicas (24 un.), fumo/cachimbo (250 g), artigos de perfumaria e beleza (10 un.) como também relógios e artigos eletrônicos (3 un.), não podem ser em grande quantidade. Cada produto tem seu limite máximo.
  • Bens a declarar: O viajante tem que apresentar a Receita Federal uma declaração de bagagem anexada ao (DBA). A cota é de US$500,00, porém se a mesma for ultrapassada, o turista terá que pagar uma multa tributária de 50%. Valor este a ser calculado indicando a alíquota única.
  • Nunca esquecer que: menores de 18 anos não podem portar produtos de tabacaria e bebidas alcoólicas, mesmo estando acompanhados.

Cuidando da saúde (vacinas)

O viajante tem que estar atento no que se refere aos cuidados com sua saúde antes de viajar para o exterior. Cada país tem sua regras sobre a questão. O ideal é ter o seu “Certificado Internacional de vacinação”. No site da ANVISA, o turista encontra informações completas e tira dúvidas, contudo, preparamos algumas Dicas de Viagem com informações importantes sobre o assunto:

  • As vacinas que encontram-se no “Calendário Nacional de Vacinação e Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde”, são aplicadas gratuitamente em qualquer posto de vacinação.
  • De acordo com o Decreto de nº 87 de 15 de abril de 1991, a vacina contra a “Febre Amarela” é obrigatória para os viajantes que se encontram em áreas de risco. Atualmente, o país encontra-se sem áreas de foco da doença.
  • Para aqueles que não podem tomar alguma vacina por motivos alérgicos ou qualquer outro motivo decorrente a saúde, o viajante terá que apresentar um atestado e preencher um formulário junto à ANVISA. Só poderá ser imune desta forma, apresentando um motivo convincente. Veja aqui o modelo de formulário ANVISA!
  • Para fazer o pedido do “Certificado Internacional de vacinação” será necessário: um documento de identificação oficial com foto, certidão de nascimento (este para menores de idade a partir dos 9 meses). População indígena está isenta de apresentar documentação, quando não possuir. Caso o viajante tenha tomado a vacina em laboratório particular, o mesmo tem que apresentar seu credenciamento junto à ANVISA.

Clima/Tempo

Preocupado com o clima da cidade que deseja visitar? Clique aqui e faça já sua pesquisa! Sabendo das condições do tempo, poderá saber também quais serão as melhores roupas para levar em sua viagem.

Consulta de voo

Quer consultar o seu voo de forma rápida e eficaz? Veja o site da Infraero e verá como é simples fazer a consulta do seu voo.

Cuidados ao viajar com menores de idade

Os turistas menores de idade que vão viajar para fora do país tem que estar com o pai ou responsável, caso contrário, só poderão embarcar com uma autorização judicial devidamente assinada pelos pais ou responsáveis. A Polícia Federal não se responsabiliza por autorizar o embarque de menores. Para informações mais detalhadas acesse o aqui o Site da Policia Federal.

Bagagem de mão, cuidados

Não é permitido transporte de objetos cortantes como tesouras, alicates, canivetes, facas, etc. Os medicamentos (líquidos) só poderão ser transportados com a apresentação de prescrição médica. Perfumes e bebidas tem que estar devidamente embalados (consulte sua companhia aérea para o caso de retenção por entidades estrangeiras). Alimentação de bebês só será embarcada a quantidade exata para consumo no voo. Pastas, géis, devem ficar em embalagem transparente 20 cm x 20 cm.

Visto americano

Para fazer uma viagem aos EUA, o viajante precisa de um visto, onde terá que ir aos sites USVISA e Consulado Americano do Recife oficial de visto e emigração e fazer o pedido. Após fazer a solicitação e o cadastro, o turista terá que aguardar cerca de uma semana para fazer a entrevista com a Seção Consular e assim irão ver se o viajante está apto para viajar ou não. Atenção: primeiramente informar o tipo de visto desejado.

Passaporte

Para a emissão do passaporte é necessário que o viajante vá até os postos da Polícia Federal, para quem mora em Recife o endereço é no seguinte endereço: Aeroporto Internacional dos Guararapes, Praça Ministro Salgado Filho, Bairro: Imbiribeira. CEP: 51210-902 Recife – PE. Antes de comparecer ao endereço físico, acessar o Site da Polícia Federal e ir em “Requerer Passaporte” para agendar à ida até o posto da Polícia Federal.

Documentação para passaporte comum: documento de identidade com foto, título de eleitor juntamente com o último comprovante de votação, documentação comprovando quitação com o serviço militar (para homens), certificado de naturalização (para os naturalizados no país a ser visitado), comprovante bancário de quitação da taxa de inscrição, passaporte anterior válido (se tiver), cadastro de pessoa física (CPF).

Em caso de perda ou roubo e informações sobre outros tipos de passa porte é recomendado acessar o site da Polícia Federal.

Embaixadas

Ao viajar para qualquer lugar do mundo, o viajante tem que estar ciente de algumas normas requisitadas pela embaixada do país que deseja visitar. Pensando nisso, preparamos um link onde você poderá visitar o site da embaixada em questão e tirar suas dúvidas, clique aqui

Consulado

Para maiores informações sobre o consulado do país que pretende visitar, o ideal é fazer uma pesquisa no próprio site do mesmo, a fim de ter informações completas e tirar todas as suas dúvidas. Neste link você encontrará o site de todos os consulados e embaixadas.

Vistos

O visto mais simples é o de não-imigrante, ou seja, turismo. Se você quer apenas fazer uma visita para um determinado país, certamente terá mais facilidade para conseguir. Para obter informações mais detalhadas, recomendamos que entre em contato diretamente com a embaixada do país o qual você pretende ir. Para facilitar sua busca, preparamos Dicas de Viagem com uma lista de instruções necessárias para obter o visto dos países mais procurados.

  • Estados Unidos: a primeira coisa que deve ser feito é o turista preencher o  Formulário DS-160 online e seguir as instruções. Em seguida fazer o agendamento pelo Site da Embaixada Americana. No dia da entrevista, levar o passaporte válido e o documento de identificação. A taxa de solicitação de visto está no valor de R$ 380,00 (valor atualizado em 2015).
  • Canadá: O visto de turismo canadense serve para pessoas que desejam estudar e visitar o país por um período de um a cinco meses. Os documentos necessários são: documento de identificação, passaporte válido, foto 3×4, declaração de imposto de Renda, formulário adicional do visto de turismo devidamente preenchido e assinado, formulário para visto de turismo IMM5257 preenchido e assinado, se for estudante tem que levar a declaração do curso e os três últimos meses de comprovante de pagamento, e por fim, passaportes anteriores, este último se o turista tiver. Para o acesso ao formulário e informações complementares recomendamos que visite o Site da Embaixada Canadense. Brasileiros poderão entrar no Canadá sem visto em 2016, desde que possuam algum visto canadense tirado nos últimos 10 anos ou visto de turista  para os Estados Unidos válido. Contudo será necessário o eTA (Electronic Travel Autorization), um tipo de autorização eletrônica que pode ser preenchida pela internet, no link acima eles possuem o módulo em PDF com a explicação de preenchimento em várias línguas inclusive em Português. Veja aqui o comunicado oficial do governo Canadense. Para todos os outros casos o visto ainda será obrigatório.
  • Itália: Os brasileiros não precisam de visto para entrar na Itália, porém sua permanência será de até três meses. Se precisar passar um período maior que 90 dias, o turista irá precisar dos seguintes documentos para obter o visto: 1 foto 3×4, passaporte válido (original), documento de identificação com foto, formulário preenchido e assinado, cópia da passagem aérea de ida e volta e comprovante de estadia (Hotel, apartamento alugado etc…). Para maiores informações, consultar o Site da Embaixada Italiana.
  • África do Sul: para ir a este país é necessário apenas o certificado de vacinação e o passaporte devidamente em dias. Essa regra serve para os Brasileiros. Não precisa de visto.
  • Espanha: brasileiros não precisam de visto para entrar na Espanha para viagens a negócios e turismo com permanência de até 90 dias, porém é preciso que levem consigo: passagem ida e volta, reserva do hotel (caso não vá para casa de parentes), documento justificando a ida para o país, estrato bancário dos últimos 90 dias, imposto de renda, foto 3×4 e o passaporte válido. Veja aqui o Site da Embaixada Espanhola!
  • Japão: a lista da documentação a seguir será do visto de turismo ou visita para amigo com duas entradas. Para os demais vistos recomendamos acessar o site (http://www.br.emb-japan.go.jp/enderecos_uteis.html) da embaixada japonesa. Para o visto o turista vai precisar de uma foto 3×4, passaporte válido, formulário do pedido de visto devidamente assinado e preenchido, passagem de ida e volta e reserva de hotel, extrato bancário dos últimos três meses, comprovante de renda (original e cópia), cópia do documento de identificação com foto, comprovante das últimas aplicações financeiras e por fim, cópia do cronograma de viagem.

Para os demais países acesse o Site da Mundo dos Vistos para orientação.

Animais

Quem tem seu bichinho de estimação não quer deixá-lo em nenhum momento. E se tiver a oportunidade de levá-lo com você para qualquer lugar e aproveitar sua viagem tão merecida com “seu meu melhor amigo” será ainda melhor. Visando sua preocupação, preparamos algumas Dicas de Viagem para transportar seu pet com segurança. Veja os links abaixo:

Claro que o seu pet não merece viajar junto com suas bagagens. A legislação das companhias aéreas permite que, cães e gatos viagem com seus donos, porém o animal precisa está dentro das determinações de cada Cia aérea. Por exemplo, ter no mínimo quatro meses e ter o peso máximo de 10 kg (este peso é o limite da companhia aérea Gol). A TAM, tem o limite de 7 kg, já a Avianca permite 8 kg e por fim, a companhia aérea Azul permite apenas 5 kg.

Ver aqui mais informações:

Já as companhias internacionais como a América Airlines o limite de peso do animal é de 9kg, a Delta Airlines permite que o pet com 6 meses de idade viaje em cabine e não há limite de peso. A companhia aérea TAP Portugal aceita o limite de 8 kg por animal. Já a empresa AirFrance recomenda que o passageiro entre em contato com o suporte de atendimento para maior comodidade. Veja aqui as instruções da AirFrance!

Para que isto aconteça, o viajante terá que pagar uma taxa, comprar um container de fibra de aço com movimentação de 360º  e assim poderá portá-lo embaixo de sua cadeira de viagem. Este procedimento está de acordo com o artigo 46º da regulamentação de passageiros domésticos, portaria nº 676/CG. As informações citadas são das empresas aéreas mais procuradas no mundo. Veja aqui alguns links que podem te ajudar a entender melhor:

Apenas para cães e gatos que esta lei é válida. Porém, se os mesmos ultrapassarem o limite de peso, terão que ser transportados junto com as bagagens, assim como os outros tipos de animais. Mas atenção, o uso do container é para todos os transportes. E no caso de voos internacionais vale a pena ressaltar as regras de cada país para a entrada de animais.

 

*** As informações contidas nesta página é apenas um resumo, por favor para tirar todas às suas dúvidas é importante também ir direto nas fontes oficiais para encontrar informações mais aprofundadas.

0
Connecting
Please wait...
Enviar mensagem

Não estamos online no momento, por favor deixar sua mensagem. Lhe responderemos o mais breve possível.

Seu nome
* Email
* O que deseja?
Fone
Faça o Login

Como podemos lhe ajudar?

Seu nome
* Email
Fone
Estamos disponíveis!
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

How do you rate our support?