As principais sobremesas italianas

Aprecie essas delícias e aprenda no curso de culinária em Roma

as_principais_ sobremesas_ italianas_12

A Itália possui uma das culinárias mais ricas do mundo. Ao longo dos séculos, este belo país colecionou não apenas momentos importantes da história, mas também diversas receitas importantes para a cultura ocidental. Os principais pratos típicos italianos são famosos por suas massas apreciadas em todo o planeta, graças aos seus ingredientes e costumes que formam uma cozinha única. As sobremesas também não decepcionam e chama atenção por seus sabores incríveis e suas origens peculiares. Confira algumas das principais sobremesas italianas:

As principais sobremesas italianas – Crema Catalana

Crema Catalana é uma da sobremesas italianas mais consumidas consumida na terra da bota, embora sua origem seja espanhola (da região do Catalão).

Sua receita, uma das mais antigas da Europa (já existente até mesmo na República Romana) consiste em um creme com base na gema de ovo que é coberta com uma camada de açúcar caramelizada na sua superfície para fornecer um contraste crocante.

É consumido durante todo o ano, mas é tradição no dia de São José (19 de março).

As_principais_sobremesas_italianas_03

Quando servido como sobremesa, geralmente distribui-se cremes de leite individuais nos de pratos de sobremesa ou tradicionalmente em tigelas de barro e queimados.

Para queimar, como em outros casos, polvilhe açúcar branco e, posteriormente, passa por cima de uma pá de ferro quente, ou atualmente na maioria das vezes queima-se com um pequeno maçarico.

Uma vantagem da receita é que o creme que pode ser usada para preencher ou confeitar outros tipos de doces e bolos.

As principais sobremesas italianas: O cremoso Tiramisu

Umas das sobremesas italianas mais conhecidas no mundo é adorada por toda a Itália, a tradição diz que ela é original da região do Vêneto.

Sua preparação é constituída de várias camadas de deliciosos biscoitos champagne (ou biscoito tipo inglês) mergulhados em café (geralmente no café solúvel) e com uma mistura de queijo mascarpone e creme de leite entre essas camadas.

A mistura que fica entre os biscoitos pode variar de receita para receita, a mais tradicional delas costuma misturar o mascarpone com creme de leite fresco, açúcar, ovos, cacau em pó e algum tipo de vinho. Sua receita é bastante ensinada em cursos de gastronomia em Roma, chegando a ser a sobremesa favorita do antigo papa Bento XIV.

As_principais_sobremesas_italianas_01

Falando de vinho, o Turamusi é ótimo servido com uma boa taça da bebida mais querida da Itália.

O indicado é escolher um vinho licoroso para contrastar o sabor amargo do café presente na sobremesa.

Caso o desejo seja atenuar o doce da sobremesa, é indicado algum espumante, que vai neutralizar o paladar e fazer com que cada colherada do Turamisu pareça a primeira.

 

As principais sobremesas italianas – A deliciosa Pannacotta

A pannacotta, outra delícia que é uma das principais sobremesas italianas, é típica da região do Piemonte e significa “nata cozida”. Seu nome é bastante significativo; a pannacotta é elaborada a partir de nata de leite (ou creme de leite), açúcar, gelatina (para dar consistência) e outras especiarias (principalmente canela).

A receita pode ser um pouco cuidadosa e necessitar de vários truques tradicionais da culinária italiana para que tudo fique delicioso, cremoso e na consistência certa.

 

as_principais_ sobremesas_ italianas_1

Geralmente se consome a pannacotta sozinha, mas ela pode ser acompanhada por frutas frescas.

Por cima da sobremesa, costuma-se colocar uma cauda bastante peculiar de frutos selvagens, ou uma cauda mais simples de caramelo ou chocolate.

A pannacotta, é uma das delícias da comida italiana e costuma ficar melhor ainda se forem utilizadas caudas artesanais ao invés de usar as industrializadas.

 

As principais sobremesas italianas – Cornetto

O cornetto doce tem um nome engraçado não é? Mas é umas das sobremesas italianas mais tradicionais. Na verdade, os italianos não o comem como uma sobremesa, este doce é tipicamente consumido no café da manhã.

É uma especialidade muito famosa da pasticceria italiana, a tradição prega que a receita surgiu no Vêneto no século XVI, ficando famoso por toda a Europa após ser descoberto pela realeza francesa (mais especificamente no casamento de Maria Antonieta e Luís XVI).

Até hoje, o Cornetto é uma das principais sobremesas italianas, sempre presente nos cafés da manhã por todo o país. O quitute tem esse nome pela sua semelhança com pequenos cornettos (chifres, em italiano).

 

as_principais_ sobremesas_ italianas_10

Sua forma é bem parecida com os croissants (ou brioches) que consumimos no Brasil e em outras partes do mundo.

Nos cursos de gastronomia em Roma, a receita pode ser preparada para ser doce ou salgada, sua composição é baseada em farinha, manteiga, ovos, açúcar e água, podendo haver variantes em que se misturam cereais de trigo integral.

A parte interior da massa pode ser vazia ou preenchida. Os recheios variam de acordo com o sabor pretendido, como chocolate, creme ou mel (quando doce) ou queijos e carnes diversas (quando salgado). Uma verdadeira iguaria da comida italiana.

As principais sobremesas italianas – Cassata Siciliana

A Cassata Siciliana é mais uma das principais sobremesas italianas, um bolo tradicional da região da Sicília e foi incluído na lista de Produtos Italianos Alimentares Tradicionais (PAT) do Ministério da Agricultura, Alimentação e Florestas.

A receita é feita com ricota adoçada, pão de ló, marzipan e frutas cristalizadas. Segundo a tradição, a sobremesa começou a ser feita pelas freiras da Sicília no período da Páscoa. Até hoje ela é indispensável nos feriados.

Essa torta colorida e deliciosa é uma comida italiana que agrada adultos e crianças de todas as idades.

 

as_principais_ sobremesas_ italianas_14

Você pode servir com um pouco de casca de laranja cristalizada, além de outras frutas. De acordo com a tradição, ainda podem ser adicionados pinhões, chocolate, canela, entre outros ingredientes de sua preferência e que combinem sabor singular da sobremesa.

Apesar da simplicidade da receita, existem muitas variações locais para fazer a sobremesa:Palermo, Messina (que é menos doce), Catania, Trapani e Caltanissetta.

As principais sobremesas italianas – Babà ao rum

O baba ao rum é um bolo tradicional da cidade de Nápoles, na Itália. A origem do bolo é controversa. A versão mais aceita é que sua origem é francesa e o nome teria vindo da gastronomia russa.

A principal característica da sobremesa é a presença do licor, geralmente rum ou limoncello. Seu tamanho varia entre os grandes (de 15 cm) e os pequenos (de 5 cm).

Essa spbremesa italiana é bem versátil. Quando grande, o baba é uma torta, mas quando pequeno, aproxima-se de um aperitivo.

as_principais_ sobremesas_ italianas_16

 

A quantidade de licor derramado na sobremesa pode variar, dependendo do paladar do degustador. Os babas carregados de rum são muito comuns em alguns bares napolitanos.

O centro do bolo pode ser recheado com creme ou salada de frutas em calda, sendo servido em fatias.

Já pensou em aprender a cozinhar todas essas delícias? E muitas outras fazendo um curso de culinária para aguçar suas qualidades na gastronomia italiana? Imagina fazer um curso deste tipo na Itália?

Uma das maiores e mais prestigiadas em referências em culinária no mundo inteiro?  Os cursos de pastelaria locais ensinam todas as artimanhas da cozinha italiana na hora de preparar doces; salgados e quitutes diversos. Como você pode perceber, a pasticceria italiana é incrível e muito famosa ao redor do mundo.

Na Itália você poderá encontrar cursos para aqueles que querem mergulhar nas deliciosas e sedutoras bombas de açúcar.

Faça sucesso nas sobremesas e nos lanches preparados para seus amigos e parentes. Você irá crescer e aprimorar seus dotes profissionais. Vivenciando experiências incríveis que você levará para o resto de sua vida.

Um curso de gastronomia em Roma, por exemplo, pode te oferecer tudo isso e muito mais!